BAIXE GRÁTIS - NBC T´S 16 ESQUEMATIZADAS
Clique na figura abaixo:

EBOOKS A VENDA




Acessos
Histats.com START (standard) Histats.com END --

Análise da Prova - Analista de Orçamento

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Chaves em Seg Set 13, 2010 1:29 am

Valeu Márcio, tou inaugurando aqui no fórum, fiz todas também, aliás na prova toda só deixei 3 em branco que realmente não sabia nada, em matemática financeira, nas demais arrisquei nas duvidosas que tinha uma certeza relativa. Fiquei feliz com a correção aqui apresentada, destas 52 questões, estou em conformidade com 45 questões, sendo que as sete que estou destoando, tem duas que ouso discordar de vc What a Face , segue minha análise das que errei:

SEM DISCORDÂNCIA DO GABARITO AQUI APRESENTADO


64 – C – criei chifre em “cabeça de cavalo”, pois achei que não cabia a STN a “aprovação” da programação financeira, mas apenas sua elaboração.
80 – E – vacilei na hora da prova com pressa, no final só li a palavra demonstração ... e já considerei se tratar da DVP, vendo a correção, percebi que ele abordou a DRE. Que mole, por afobação.
88 C – Acho que criei “chifre em cabeça de cavalo” nessa questão, achei que tivesse pegadinha por se referir a “...proposta orçamentária ajustada...” , esse “ajustada”, apesar de não parecer estritamente errado, pensei que poderia ser uma pegadinha no sentido de se considerar certo apenas a "aprovada" e não a "AJUSTADA" como na questão. Mas acho que exagerei, vamos ver.
95 – C – essa eu não tinha certeza na hora.
112 - E

COM DISCORDÂNCIA DO GABARITO AQUI APRESENTADO

79 e- discordo do gabarito apresentado, penso que a questão é certa, pois, ela não foi restritiva, afirmando que as demonstrações servem apenas para apurar o déficit ou superávit do orçamento, mas de fato, dentre o conjunto das demonstrações, é possível se apurar estes valores.

101 – C – Discordo do gabarito apresentado, penso que a questão é errada, pois a mesma restringiu os dispêndios extraorçamentários, como se todos estes fossem apenas fatos permutativos

Abraço.

Chaves

Mensagens : 1
Data de inscrição : 12/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Seg Set 13, 2010 8:45 am

Valeu Chaves

Entendi seus posicionamentos.... vamos ver o gabarito oficial amanhã.... ai pensamos em alguns recursos por aqui

Abs

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Obrigado

Mensagem  claudiotaq em Seg Set 13, 2010 2:26 pm

Gente, muito obrigado pelas postagens sobre a prova. Foi o melhor lugar que encontrei para aprender essa matéria. Fiz esse concurso do mpu, mas não sou da área contábil, minha formação é em música.
Apesar de não postar na comunidade, os matérias e orientações daqui me foram muito úteis, e pelas questões que pude revisar até agora, é provável que consiga um resultado satisfatório para meu cargo: analista de orçamento, UF-Amapá.

muito obrigado a todos, especialmente ao márcio pela disponibilidade em ajudar.


claudiotaq

Mensagens : 1
Data de inscrição : 23/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

questão 81

Mensagem  ercilinho em Seg Set 13, 2010 6:21 pm

Discordo do gabarito da questão 81 sobre princípio da exclusividade...

O professor glauber mota afirma que "a lei orçamentária deverá conter tão somente matéria de natureza orçamentária, não devendo servir de instrumento legal para outros fins, a não ser os referentes à previsão da receita e à fixação da despesa orçamentária...com exceção dos C.S, O.P e ARO.

No final da questão observamos"... matériais diversas às questões financeiras." Deveria ser "matérias diversas às questões orçamentárias".

Vc entendeu ?? Ou estou pensando errado ????

ercilinho

Mensagens : 2
Data de inscrição : 13/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Seg Set 13, 2010 6:59 pm

ercilinho escreveu:Discordo do gabarito da questão 81 sobre princípio da exclusividade...

O professor glauber mota afirma que "a lei orçamentária deverá conter tão somente matéria de natureza orçamentária, não devendo servir de instrumento legal para outros fins, a não ser os referentes à previsão da receita e à fixação da despesa orçamentária...com exceção dos C.S, O.P e ARO.

No final da questão observamos"... matériais diversas às questões financeiras." Deveria ser "matérias diversas às questões orçamentárias".

Vc entendeu ?? Ou estou pensando errado ????

O Glauber é o nome qdo falamos de contabilidade pública.... porém, qdo falamos de AFO, para o Cespe, fique ligado no Giacomoni... esse é o nome a ser estudado em AFO para provas do Cespe... simplesmente, eles copiam partes do livro dele... e desse vez foi igual... veja o que está escrito no livro do Giacomoni:
"esse princípio (exclusividade) surgiu com o objetivo de impedir que a Lei de Orçamento, em função da natural celeridade de sua tramitação no legislativo, fosse utilizada como meio de aprovação de matérias outras que nada tinham que ver com questões financeiras."

Nota-se que é literal... bem , é isso
Vlw

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  ercilinho em Seg Set 13, 2010 7:09 pm

Discordo do gabarito da questão 105.

Eu acho que a questão que fala sobre "Resíduos passivos", se for dada como certa pelo cespe, terá possibilidade de recurso...pois a questão só afirma "...que não tenham sido cancelados...". Só faz menção aos restos a pagar processados, sem explicitar na questão os que podem ser cancelados(restos a pagar não procesados).
Ou seja, a questão deveria ser assim:"....que não tenham sido cancelados ou CANCELADOS pelo...

Estou equívocado ???

ercilinho

Mensagens : 2
Data de inscrição : 13/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Seg Set 13, 2010 8:24 pm

ercilinho escreveu:Discordo do gabarito da questão 105.

Eu acho que a questão que fala sobre "Resíduos passivos", se for dada como certa pelo cespe, terá possibilidade de recurso...pois a questão só afirma "...que não tenham sido cancelados...". Só faz menção aos restos a pagar processados, sem explicitar na questão os que podem ser cancelados(restos a pagar não procesados).
Ou seja, a questão deveria ser assim:"....que não tenham sido cancelados ou CANCELADOS pelo...

Estou equívocado ???

Bem, entendo seu posicionamento, mas continuo achando que a questão tá certa, pois a questão fala em despesas empenhadas e não pagas , ou seja, abrange as processadas (que ultrapassaram a liquidação) e as não processadas ( q estão apenas no empenho)... além do mais, a questão ressalta que são apenas aqueles que não foram cancelados pelo processo de análise e estão de acordo com a lei...
Mas amanhã teremos a resposta para essa dúvida
Abs

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Mustaine em Ter Set 14, 2010 1:10 am

Márcio Martinho escreveu:

Questão 112
A unificação dos recursos já era prevista desde o decreto 93.872/86: CAPÍTULO I - Da Unificação dos Recursos de Caixa do Tesouro Nacional
Também com o surgimento do SIAFI, em 1987, já era utilizada a conta única.
Portanto, essa unificação foi concretizada antes da CF/88
E

Esta questão está correta.

O Decreto lei 200/67 já previa isso, porém, ele foi concretizado integralmente, na CF/88.

A questão não está errada porque o que ele afirma não é uma mentira ( embora esteja incompleta). Uma meia verdade é correto nesse tipo de prova.

Mustaine

Mensagens : 2
Data de inscrição : 12/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Ter Set 14, 2010 12:07 pm

Mustaine escreveu:
Márcio Martinho escreveu:

Questão 112
A unificação dos recursos já era prevista desde o decreto 93.872/86: CAPÍTULO I - Da Unificação dos Recursos de Caixa do Tesouro Nacional
Também com o surgimento do SIAFI, em 1987, já era utilizada a conta única.
Portanto, essa unificação foi concretizada antes da CF/88
E

Esta questão está correta.

O Decreto lei 200/67 já previa isso, porém, ele foi concretizado integralmente, na CF/88.

A questão não está errada porque o que ele afirma não é uma mentira ( embora esteja incompleta). Uma meia verdade é correto nesse tipo de prova.

Mustaine, você tem razão
Fui pesquisar no site do SIAFI na STN e lá está a resposta
Veja:

A Conta Única do Tesouro Nacional, mantida no Banco Central do Brasil, acolhe todas as disponibilidades financeiras da União, inclusive fundos, de suas autarquias e fundações. Constitui importante instrumento de controle das finanças públicas,uma vez que permite a racionalização da administração dos recursos financeiros, reduzindo a pressão sobre a caixa do Tesouro, além de agilizar os processos de transferência e descentralização financeira e os pagamentos a terceiros.

O Decreto-Lei nº 200, de 25 de fevereiro de 1967, que promoveu a organização da Administração Federal e estabeleceu as diretrizes para Reforma Administrativa, determinou ao Ministério da Fazenda que implementasse a unificação dos recursos movimentados pelo Tesouro Nacional, através de sua Caixa junto ao agente financeiro da União, de forma a garantir maior economia operacional e a racionalização dos procedimentos relativos a execução da programação financeira de desembolso.

Tal determinação legal só foi integralmente cumprida com a promulgação da Constituição de 1988, quando todas as disponibilidades do Tesouro Nacional, existentes nos diversos agentes financeiros, foram transferidas para o Banco Central do Brasil, em Conta Única centralizada, exercendo o Banco do Brasil a função de agente financeiro do Tesouro.

As regras dispondo sobre a unificação dos recursos do Tesouro Nacional em Conta Única foram estabelecidas pelo Decreto nº. 93.872, de 23 de dezembro de 1986.

Portanto, o gabarito deve ser considerado certo, e não errado como eu havia dito.Abs

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Mustaine em Ter Set 14, 2010 4:10 pm

Pois é!

Um abraço

Mustaine

Mensagens : 2
Data de inscrição : 12/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Ter Set 14, 2010 8:27 pm

Galera, como eu havia previsto, apenas poucas questões foram polêmicas nesse concurso de Analista de Orçamento
Abaixo deixo três recursos que acho que podem ser enviados (não se esqueçam de mudar o texto pois o cespe não corrige recursos idênticos)

Questão 96) Os estágios da receita orçamentária são previsão, lançamento, arrecadação e recolhimento. Entretanto, o lançamento, que tem origem fiscal, não se aplica a todas as receitas orçamentárias, mas basicamente às receitas tributárias, conforme dispõe o Código Tributário Nacional.

Recurso:
Conforme ensina Giacomoni, em seu livro Orçamento Público – 15ª edição, a multiplicidade das receitas orçamentárias de variadas natureza jurídica, impede que elas cumpram estágios de execução formalmente padronizados, como ocorre na despesa, sendo que, geralmente, os estágios da receita são três: lançamento, arrecadação e recolhimento.
Diante do exposto, solicito a troca do gabarito para errado, pois em nenhum momento o autor cita a previsão como estágio da receita orçamentária.


Questão 106) A inscrição e o cancelamento de restos a pagar não processados são controlados em contas do passivo compensado, enquanto o controle dos saldos inscritos, tanto os pagos quanto os não pagos, é feito em contas do ativo compensado.

Recurso:
Lançamento de Inscrição de Restos a Pagar não processados no sistema de compensação:
D Restos a Pagar não processados inscritos 1.9.5.1.1.00.00 (conta de ativo)
C Restos a Pagar não processados a Liquidar 2.9.5.1.1.01.00 (conta de passivo)

Lançamento de Cancelamento de Restos a Pagar não processados no sistema de compensação
D Restos a Pagar não processados a Liquidar 2.9.5.1.1.01.00 (conta de passivo)
C Cancelamento de Restos a Pagar não processados 1.9.5.1.4.00.00 (conta de ativo)

Diante dos lançamentos apresentados, nota-se que a inscrição e o cancelamento também possuem registros de controle no ativo compensado. Portanto, solicito a alteração do gabarito para errado.


Questão 107) Restos a pagar não processados correspondem a conta do passivo. Debita-se para reduzir o saldo, e a redução no passivo, em contrapartida, provoca aumento no patrimônio líquido, registrado pelo crédito na conta de acréscimos patrimoniais.

Recurso:
A questão não cita o caso em que um passivo é extinto pelo seu pagamento. Ou seja, quando há o pagamento de restos a pagar não processados há a redução do saldo do passivo pelo débito, em contrapartida de um crédito de ativo, caixa.
Portanto, como a questão encontra-se incompleta, gerando interpretações duvidosas por parte do candidato, solicito a anulação da mesma.



Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Bianca em Ter Set 14, 2010 9:58 pm

Márcio onde ta o erro dessa questão:

São consideradas receitas correntes, entre outras, as tributárias, as industriais, as agorpecuárias e patrimoniais que envolverem a conversão,em espécie, de bens e direitos.

Bianca

Mensagens : 30
Data de inscrição : 07/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Ter Set 14, 2010 10:26 pm

Bianca escreveu:Márcio onde ta o erro dessa questão:

São consideradas receitas correntes, entre outras, as tributárias, as industriais, as agorpecuárias e patrimoniais que envolverem a conversão,em espécie, de bens e direitos.

conversão,em espécie, de bens e direitos é receita de capital

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Estágios da receita orçamentária

Mensagem  anis em Ter Set 14, 2010 10:36 pm

Márcio,

Ainda sobre o recurso referente a questão dos estágios da receita, encontrei o Manual das Receitas Públicas, que classifica o lançamento como uma etapa dentro da previsão. Dê uma olhadinha:
http://siops.datasus.gov.br/Documentacao/ManualReceita.pdf

Detalhe: eh de 2004, será que pode ser útil?!

Não sei como funciona essa questão dos recursos, sou concurseira de primeira viagem!
Posso ajudar de alguma forma?!

;D

anis

Mensagens : 4
Data de inscrição : 09/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Ter Set 14, 2010 10:39 pm

anis escreveu:Márcio,

Ainda sobre o recurso referente a questão dos estágios da receita, encontrei o Manual das Receitas Públicas, que classifica o lançamento como uma etapa dentro da previsão. Dê uma olhadinha:
http://siops.datasus.gov.br/Documentacao/ManualReceita.pdf

Detalhe: eh de 2004, será que pode ser útil?!

Não sei como funciona essa questão dos recursos, sou concurseira de primeira viagem!
Posso ajudar de alguma forma?!

;D

é melhor procurar no manual mais recente da STN

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  anis em Ter Set 14, 2010 10:46 pm

Márcio Martinho escreveu:
anis escreveu:Márcio,

Ainda sobre o recurso referente a questão dos estágios da receita, encontrei o Manual das Receitas Públicas, que classifica o lançamento como uma etapa dentro da previsão. Dê uma olhadinha:
http://siops.datasus.gov.br/Documentacao/ManualReceita.pdf

Detalhe: eh de 2004, será que pode ser útil?!

Não sei como funciona essa questão dos recursos, sou concurseira de primeira viagem!
Posso ajudar de alguma forma?!

;D

é melhor procurar no manual mais recente da STN

É.. no novo (2007) tem as 4 etapas!
=(

anis

Mensagens : 4
Data de inscrição : 09/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Ter Set 14, 2010 10:47 pm

anis escreveu:
Márcio Martinho escreveu:
anis escreveu:Márcio,

Ainda sobre o recurso referente a questão dos estágios da receita, encontrei o Manual das Receitas Públicas, que classifica o lançamento como uma etapa dentro da previsão. Dê uma olhadinha:
http://siops.datasus.gov.br/Documentacao/ManualReceita.pdf

Detalhe: eh de 2004, será que pode ser útil?!

Não sei como funciona essa questão dos recursos, sou concurseira de primeira viagem!
Posso ajudar de alguma forma?!

;D

é melhor procurar no manual mais recente da STN

É.. no novo (2007) tem as 4 etapas!
=(

Então melhor se basear no Giacomoni mesmo, hehehehe

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  carloseduardofc em Ter Set 14, 2010 11:05 pm

Prof. Márcio,

Não sei se posso ajudar, mas eu tenho um comentário a fazer em relação a essa questão 96. Eu fiz um curso de AFO aqui na minha cidade (Recife/PE) com o prof. Wílson Araújo, que dá aulas pra outros lugares também, não sei se o senhor o conhece, mas eu me lembro bem da aula dele sobre receita justamente em relação a esse problema. Pela experiência dele em concursos, ele falou que quando a BANCA disser "os estágios da receita orçamentária são previsão, lançamento, arrecadação e recolhimento" dessa forma sem citar fonte ou "doutrinariamente, a receita passa pelos estágios da previsão, lançamento, arrecadação e recolhimento" estão certas as duas situações, mas quando ela disser "pela lei 4.320/64, os estágios da receita são lançamento, arrecadação e recolhimento" ou "pelo Manual da Receita, os estágios da receita são lançamento, arrecadação e recolhimento" tem que citar a fonte pra esterem certas dessas formas. E de acordo com a mudança do MTO 2011, como a mudança foi muito recente, ele falou que só vale se a BANCA disser "pelo MTO 2010, os estágios da receita são previsão, arrecadação e recolhimento".
Não sei se fui claro, mas espero ter ajudado! Hehehe Very Happy

Abraços.

carloseduardofc

Mensagens : 10
Data de inscrição : 10/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Recursos para questões de Analista de Orçamento

Mensagem  fernando_bsb em Qua Set 15, 2010 7:00 am

Professor,
A seguinte questão foi considerada correta pelo CESPE:
Restos a pagar não processados correspondem a conta do passivo. Debita-se para reduzir o saldo, e a redução no passivo, em contrapartida, provoca aumento no patrimônio líquido, registrado pelo crédito na conta de acréscimos patrimoniais.
Não seria errada esta assertiva?

Outra questão de que discordo do gabarito é a seguinte:
A inscrição e o cancelamento de restos a pagar não processados são controlados em contas do passivo compensado, enquanto o controle dos saldos inscritos, tanto os pagos quanto os não pagos, é feito em contas do ativo compensado.
A banca considerou essa questão como correta, não seria errada?

Obrigado,
Fernando
avatar
fernando_bsb

Mensagens : 9
Data de inscrição : 12/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Qua Set 15, 2010 7:52 am

fernando_bsb escreveu:Professor,
A seguinte questão foi considerada correta pelo CESPE:
Restos a pagar não processados correspondem a conta do passivo. Debita-se para reduzir o saldo, e a redução no passivo, em contrapartida, provoca aumento no patrimônio líquido, registrado pelo crédito na conta de acréscimos patrimoniais.
Não seria errada esta assertiva?

Outra questão de que discordo do gabarito é a seguinte:
A inscrição e o cancelamento de restos a pagar não processados são controlados em contas do passivo compensado, enquanto o controle dos saldos inscritos, tanto os pagos quanto os não pagos, é feito em contas do ativo compensado.
A banca considerou essa questão como correta, não seria errada?

Obrigado,
Fernando

Fernando, dê uma olhada nos meus post´s mais acima... eu fiz 2 recursos justamente sobre esses seus questionamentos
Vlw

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  aelric em Qua Set 15, 2010 10:43 am

Bom dia Professor!!

Seguintes questões me parecem erradas:

110 Todo orçamento anual contempla dotação específica destinada a fazer face aos pagamentos de despesas resultantes de compromissos gerados em exercícios financeiros anteriores.

no meu entendimento esse "todo orçamento" deixa a questão incorreta, pois no caso de não haver débitos de exercício anterior não há a obrigatoriedade legal de tal dotação. Estou correto? se for isso o gabarito é errado.

68 Cota, repasse e sub-repasse são figuras de descentralização financeira de natureza orçamentária.

a parte final nã deixa a questão incorreta? ora a natureza orçamentária é dada pelo destaque, provisão e dotação, estou errado?

72 O processo de escrituração contábil é inteiramente realizado com base no método das partidas dobradas e qualquer
lançamento contábil só pode ser concretizado com a indicação de valores equivalentes para as contas a serem debitadas e
creditadas.

Não acredito que nã exista outro método em todos lançamentos feitos (essa é especulativa), fui pela palavra só, q achas professor?

93 O SIAFI centraliza e uniformiza, por meio da integração dos dados, o processamento da execução orçamentária, que
abrange, essencialmente, a programação financeira, a execução contábil e a administração orçamentária.

a administração orçamentária é feita pelo SIDOR da SOF, concordas?



aelric

Mensagens : 2
Data de inscrição : 13/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  anis em Qua Set 15, 2010 11:29 am

aelric escreveu:Bom dia Professor!!

Seguintes questões me parecem erradas:

110 Todo orçamento anual contempla dotação específica destinada a fazer face aos pagamentos de despesas resultantes de compromissos gerados em exercícios financeiros anteriores.

no meu entendimento esse "todo orçamento" deixa a questão incorreta, pois no caso de não haver débitos de exercício anterior não há a obrigatoriedade legal de tal dotação. Estou correto? se for isso o gabarito é errado.

68 Cota, repasse e sub-repasse são figuras de descentralização financeira de natureza orçamentária.

a parte final nã deixa a questão incorreta? ora a natureza orçamentária é dada pelo destaque, provisão e dotação, estou errado?

72 O processo de escrituração contábil é inteiramente realizado com base no método das partidas dobradas e qualquer
lançamento contábil só pode ser concretizado com a indicação de valores equivalentes para as contas a serem debitadas e
creditadas.

Não acredito que nã exista outro método em todos lançamentos feitos (essa é especulativa), fui pela palavra só, q achas professor?

93 O SIAFI centraliza e uniformiza, por meio da integração dos dados, o processamento da execução orçamentária, que
abrange, essencialmente, a programação financeira, a execução contábil e a administração orçamentária.

a administração orçamentária é feita pelo SIDOR da SOF, concordas?



Com relação ao SIAFI, eu também havia entendido que era o SIDOR, depois que vi o gabarito e olhei minha apostila q vi q essa definição está correta (igualzinha na minha apostila). Então professor, acabo de perceber que não consegui entender a diferença entre os dois sistemas... qual é?
Definição do SIDOR: Procedimentos, justapostos entre si, com a incumbência de cuidar do PROCESSAMENTO de cunho ORÇAMENTÁRIO, através de computação eletrônica, supervisionado pela SOF.

anis

Mensagens : 4
Data de inscrição : 09/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Qua Set 15, 2010 1:12 pm

110 Todo orçamento anual contempla dotação específica destinada a fazer face aos pagamentos de despesas resultantes de compromissos gerados em exercícios financeiros anteriores.

Gabarito tá certo... todo orçamento deve conter dotação para pagamento através de DEA.

68 Cota, repasse e sub-repasse são figuras de descentralização financeira de natureza orçamentária.

são figuras de descentralização financeira (recursos).

93 O SIAFI centraliza e uniformiza, por meio da integração dos dados, o processamento da execução orçamentária, que
abrange, essencialmente, a programação financeira, a execução contábil e a administração orçamentária.

Sistema Integrado de Administração Financeira do Governo Federal (SIAFI) Modalidade de acompanhamento das atividades relacionadas com a administração financeira dos recursos da União, que centraliza ou uniformiza o processamento da execução orçamentária, recorrendo a técnicas de elaboração eletrônica de dados, com o envolvimento das unidades executoras e setoriais, sob a supervisão do Tesouro Nacional e resultando na integração dos procedimentos concernentes, essencialmente, à programação financeira, à contabilidade e à administração orçamentária.

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Qua Set 15, 2010 1:19 pm

anis escreveu:
Com relação ao SIAFI, eu também havia entendido que era o SIDOR, depois que vi o gabarito e olhei minha apostila q vi q essa definição está correta (igualzinha na minha apostila). Então professor, acabo de perceber que não consegui entender a diferença entre os dois sistemas... qual é?
Definição do SIDOR: Procedimentos, justapostos entre si, com a incumbência de cuidar do PROCESSAMENTO de cunho ORÇAMENTÁRIO, através de computação eletrônica, supervisionado pela SOF.

O Sidor é o sistema responsável pela elaboração da proposta orçamentária do governo.
O Siafi é um sistema informatizado que processa e controla, por meio de terminais instalados em todo o território nacional, a execução orçamentária, financeira, patrimonial e contábil

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  aelric em Qua Set 15, 2010 2:46 pm

[quote="Márcio Martinho"]110 Todo orçamento anual contempla dotação específica destinada a fazer face aos pagamentos de despesas resultantes de compromissos gerados em exercícios financeiros anteriores.

Gabarito tá certo... todo orçamento deve conter dotação para pagamento através de DEA. (Professor onde tem essa obrigatoriedade, desconheço norma que obrigue um orçamento a dotar algo que não realizará)


aelric

Mensagens : 2
Data de inscrição : 13/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  anis em Qua Set 15, 2010 3:55 pm

Márcio Martinho escreveu:
anis escreveu:
Com relação ao SIAFI, eu também havia entendido que era o SIDOR, depois que vi o gabarito e olhei minha apostila q vi q essa definição está correta (igualzinha na minha apostila). Então professor, acabo de perceber que não consegui entender a diferença entre os dois sistemas... qual é?
Definição do SIDOR: Procedimentos, justapostos entre si, com a incumbência de cuidar do PROCESSAMENTO de cunho ORÇAMENTÁRIO, através de computação eletrônica, supervisionado pela SOF.

O Sidor é o sistema responsável pela elaboração da proposta orçamentária do governo.
O Siafi é um sistema informatizado que processa e controla, por meio de terminais instalados em todo o território nacional, a execução orçamentária, financeira, patrimonial e contábil

Agora sim ficou claroo.. um pequeno detalhe as vezes faz uma suuuper diferença ne?!
Muitooo obrigada!;D

anis

Mensagens : 4
Data de inscrição : 09/09/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Márcio Martinho em Ter Out 19, 2010 8:46 pm

Só para constar aqui, dos 3 recursos que fiz para o cargo de Analista de Orçamento do MPU, 2 foram acatados pelo Cespe (claro que não fui só eu quem fiz recurso, mas meu pedido estava lá no bolo, heheheheh)

Questão 96) Os estágios da receita orçamentária são previsão, lançamento, arrecadação e recolhimento. Entretanto, o lançamento, que tem origem fiscal, não se aplica a todas as receitas orçamentárias, mas basicamente às receitas tributárias, conforme dispõe o Código Tributário Nacional.

Recurso:
Conforme ensina Giacomoni, em seu livro Orçamento Público – 15ª edição, a multiplicidade das receitas orçamentárias de variadas natureza jurídica, impede que elas cumpram estágios de execução formalmente padronizados, como ocorre na despesa, sendo que, geralmente, os estágios da receita são três: lançamento, arrecadação e recolhimento.
Diante do exposto, solicito a troca do gabarito para errado, pois em nenhum momento o autor cita a previsão como estágio da receita orçamentária.
GABARITO DEFINITIVO = ERRADO


Questão 106) A inscrição e o cancelamento de restos a pagar não processados são controlados em contas do passivo compensado, enquanto o controle dos saldos inscritos, tanto os pagos quanto os não pagos, é feito em contas do ativo compensado.

Recurso:
Lançamento de Inscrição de Restos a Pagar não processados no sistema de compensação:
D Restos a Pagar não processados inscritos 1.9.5.1.1.00.00 (conta de ativo)
C Restos a Pagar não processados a Liquidar 2.9.5.1.1.01.00 (conta de passivo)

Lançamento de Cancelamento de Restos a Pagar não processados no sistema de compensação
D Restos a Pagar não processados a Liquidar 2.9.5.1.1.01.00 (conta de passivo)
C Cancelamento de Restos a Pagar não processados 1.9.5.1.4.00.00 (conta de ativo)

Diante dos lançamentos apresentados, nota-se que a inscrição e o cancelamento também possuem registros de controle no ativo compensado. Portanto, solicito a alteração do gabarito para errado.
GABARITO DEFINITIVO ERRADO


Questão 107) Restos a pagar não processados correspondem a conta do passivo. Debita-se para reduzir o saldo, e a redução no passivo, em contrapartida, provoca aumento no patrimônio líquido, registrado pelo crédito na conta de acréscimos patrimoniais.

Recurso:
A questão não cita o caso em que um passivo é extinto pelo seu pagamento. Ou seja, quando há o pagamento de restos a pagar não processados há a redução do saldo do passivo pelo débito, em contrapartida de um crédito de ativo, caixa.
Portanto, como a questão encontra-se incompleta, gerando interpretações duvidosas por parte do candidato, solicito a anulação da mesma.
QUESTÃO NÃO FOI ANULADA

Márcio Martinho
Admin

Mensagens : 627
Data de inscrição : 06/08/2010
Idade : 38

Ver perfil do usuário http://www.euvoutirar10.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Solicitação e agradecimentos de analise de prova

Mensagem  Thecyus Benicio em Qua Out 20, 2010 10:19 am

Muito boa a analise, Marcio Martinho, seria bom tambem uma analise da prova de perito contador (cargo: 9), que entra também nessa nossa área de estudo.

Thecyus Benicio

Mensagens : 6
Data de inscrição : 14/08/2010

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Análise da Prova - Analista de Orçamento

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum